Home Nacional Tribunal de Justiça condena empresa e funcionário a pagar R$27 mil a um funcionário que foi chamado de macaco e boiola