Alessandro Ribeiro, 25 anos, confessou ter matado Daniela Vieira, 20 anos. (Foto: Aloísio Costa/Informe Cidade).

Alessandro Ribeiro, 25 anos, confessou ter matado Daniela Vieira, 20 anos. (Foto: Aloísio Costa/Informe Cidade).

Na última terça-feira (12), o assassino da jovem Daniela Florida Vieira, 20 anos, foi preso pela polícia civil de Caculé, no sudoeste baiano. Daniela estava desaparecida desde abril, mas a partir de denúncias anônimas a ossada foi localizada em um lugar conhecido como “curva do rio”. Alessandro Alves Ribeiro, 25 anos, confessou ter matado a jovem por causa do uso de crack. Em seu depoimento, o jovem contou que ambos compraram o entorpecente com R$ 500 e foram consumir a droga no local onde o corpo da vítima foi encontrado. Depois de terem consumido parte do crack, eles teriam começado a discutir porque, segundo ele, Alessandra não queria mais dividir o entorpecente comprado com dinheiro dos dois.

Daniela Florida Vieira, 20 anos, havia comprado cerca de R$ 500 de drogas para consumir com Alessandro no dia do crime. (Foto: Reprodução/Informe Cidade).

Daniela Florida Vieira, 20 anos, havia comprado cerca de R$ 500 de drogas para consumir com Alessandro no dia do crime. (Foto: Reprodução/Informe Cidade).

Alessandro relatou à polícia que a jovem teria retirado uma faca de dentro da bolsa e o ameaçado. Com um tapa, ele teria conseguido tomar a arma da vítima e golpeá-la na região do tórax. Em seguida, a jovem foi esquartejada e o corpo foi jogado dentro de um córrego. “Fui pra casa, tomei um banho e consumi o restante da droga”, declarou Alessandro. Segundo o Informe Cidade, a faca foi encontrada pelos policiais no local do crime. Alessandro está preso na Delegacia de Polícia de Caculé e responderá pelo crime de homicídio.

Facebook Comments
Tags:, , ,
Comentar