23-SAM_1093Na manhã deste sábado, 28 de outubro, foi empossada a nova diretoria do Sindicato dos Servidores Público de Malhada(SISPUMMA), no sudoeste baiano. O evento foi presidido pela mestre de cerimônia Josedalva Farias e além de contar com a presença dos sócios, também contou com a presença do ex-vereador Mazin do Julião, Secretário de Agricultura e Meio Ambiente Zé Castor, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais Raimundo Basileu, diretor de esportes Florindo Magalhães e demais pessoas convidadas.

Após tomar posse, alguns membros que compõe a nova diretoria fizeram uso da palavra e expressaram a sua alegria em poder fazer parte desta entidade e trabalhar juntos com o presidente Juvenal e o vice-presidente Hélio Nogueira em prol dos servidores públicos do município de Malhada.

“Tive uma batalha travada durante o meu mandato, tomei chá de cadeira várias vezes ao procurar a administração anterior para atender as revindicações dos servidores, mas em nenhum momento baixei a cabeça e foi com muito esforço que obtivemos algumas conquistas, a exemplo do plano de carreira dos profissionais do magistério, a construção da sede do SISPUMMA e muitas outras conquistas”, ressaltou o ex-presidente Marquinhos.

O atual presidente surpreendeu a muitos dando um discurso claro e digno de elogios. “Fui eleito presidente do SISPUMMA e estou pronto para atender tanto os que votaram na nossa chapa quanto os que votaram na chapa opositora, pois o sindicato é apartidário e aquilo que for do interesse dos servidores estará em primeiro lugar e o sindicato não é só o presidente é todos os sócios juntos, por isso o lema da nossa chapa, JUNTOS SOMOS MAIS FORTES”, complementou Juvenal.

Zé Castor durante a sua fala ressaltou sobre a importância dos sócios se capacitarem e complementou dizendo que anteriormente ele ficava observando que o antigo local onde funcionava a sede do SISPUMMA era o lugar mais pequeno da sede do município e através da luta do ex-presidente Marquinhos e do bom entendimento do atual prefeito que teve o bom senso de repassar o montante de cerca de R$20.000 para a entidade, atitude esta que a administração anterior não teve, preferindo devolver de volta do que repassar para o SISPUMMA a quem era de direito, hoje a sede do SISPUMMA é digna de elogios, tornou-se um ponto de referência para a cidade.

O ex-vice presidente e também ex-presidente do SISPUMMA Zé Maria foi o último a falar e em sua fala o mesmo ressaltou que embora não faça parte da nova diretoria eleita, a sua luta no SISPUMMA continua a mesma, ele vai continuar defendendo os interesses dos servidores ao lado de Juvenal e Hélio e que apesar do novo presidente contar com uma administração que ele ajudou a levantar a bandeira, isso não significa que a luta vai ser fácil, pois o mesmo também vai enfrentar muitas dificuldades, mas tudo isso faz parte da luta constante de quem está a frente de uma entidade. Segundo Zé Maria o progresso do sindicato não teve somente a sua pessoa como o pilar principal como disse Raimundo Basileu, teve muitos servidores que lutaram para levantar e fazer o nome desta entidade e que não iria citar nomes para não cometer injustiças, uma vez que poderia esquecer de mencionar alguns.

Após a cerimônia de posse, foi feita a prestação de contas dos últimos 8 meses da administração do ex-presidente Marquinhos e a mesma foi aprovada pelos sócios por unanimidade e o evento foi encerrado com um coquetel.

Redação: www.mediosaofrancisco.com

Facebook Comments
Comentar