Eduardo e Marina virão a Salvador para oficializar disputa | Foto: AS

Eduardo e Marina virão a Salvador para oficializar disputa | Foto: AS

Provável candidato ao Palácio do Planalto no ano que vem, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), e a ex-ministra de Meio Ambiente, Marina Silva (PSB), anunciarão juntos, em Salvador, a entrega dos cargos do PSB no governo Jaques Wagner (PT) e o lançamento da pré-candidatura da senadora Lídice da Mata (PSB) a governadora em 2014. De acordo com reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, o evento ainda não tem data marcada, mas será o primeiro movimento político concreto da dupla. Segundo dirigentes do consórcio PSB/Rede, a ideia é que o lançamento seja feito na abertura do primeiro encontro conjunto dos dois partidos na região Nordeste. A candidatura de Lídice já era ventilada pelo PSB, mas só foi sacramentada com a chegada de Marina. “Nós vamos deslocar o eixo nacional da Rede de Sustentabilidade para a Bahia”, afirma Julio Rocha, coordenador da Rede no Estado e ex-vice presidente do PT baiano. O dirigente ressalva, porém, que a decisão não significa que a campanha de Lídice será de oposição a gestão de Wagner. “O PSB na Bahia tem um perfil marcadamente de esquerda. Não faremos uma festa do rompimento, mas um ato político”, diz. O PSB foi um dos primeiros partidos a apoiar a candidatura de Wagner, em 2005, quando ele ainda era ministro das Relações Institucionais do governo Lula. Hoje, o partido de Eduardo Campos participa do governo petista na Bahia com os cargos de secretário de Turismo e presidente da Bahiatursa, a empresa que gere o setor no Estado, acumulados por Domingos Leonelli.Antes da chegada de Marina, o PSB já havia entregado seus cargos nos governos petistas do Rio Grande do Sul e Distrito Federal. No Acre e Sergipe as duas siglas devem marchar juntos. (Bahia Notícias)

Facebook Comments
Tags:, , , , ,
Comentar