casa de marlonNa tarde do último domingo, 10 de novembro, aconteceu um caso bárbaro no povoado do Julião, município de Malhada, no sudoeste da Bahia. Um morador da referida comunidade, identificado por Marlon Moreira, motorista e estudante de 36 anos, teve a sua casa incendiada. Segundo informações, Marlon tinha se dirigido para a fazenda Santa Rita, onde seus colegas de sem terras, despejados na última terça-feira(05) do Assentamento Pedro Pires Nogueira por mais de 100 policiais e que atualmente se encontram acampados na estrada, aguardando uma decisão do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA). Ao retornar deparou com a sua casa incendiada e muita coisa destruída, a exemplo de televisão, bicicleta, roupas, telhados e outros pertences.

Mediante esta injustiça que fizeram, ateando fogo em sua casa e lhe dando muito prejuízo, Marlon pede providencias policiais. A casa do mesmo fica localizada na Rua do Reservatório, no mesmo povoado.

Redação: www.mediosaofrancisco.com

Crédito da Foto: Folha do Vale

Crédito da Foto: Folha do Vale

Crédito da Foto: Folha do Vale

Crédito da Foto: Folha do Vale


Facebook Comments
Comentar