Home Nacional Em carta escrita na prisão, Delúbio, José Genoino e José Dirceu dizem que não aceitam ‘humilhação’