Saneamento
Foi aprovado nesta sexta-feira (6), no Diário Oficial da União, o novo Plano Nacional de Saneamento Básico (Plansab). A portaria indica que o projeto será analisado periodicamente, dentro do prazo de quatro anos, e avaliado anualmente com base nos indicadores de monitoramento, de resultado e de impacto previstos no plano. O Plansab prevê investimentos estimados de R$ 508 bilhões até 2033, para universalização de serviços de saneamento, com metas nacionais e regionais de curto, médio e longo prazo. O plano deve compreender o abastecimento de água, o esgotamento sanitário, o manejo de resíduos sólidos e de águas pluviais, além de tratar das ações da União relativas ao saneamento nas áreas indígenas, nas reservas extrativistas e nas comunidades quilombolas. O último Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (2011) constatou que 82% da população brasileira recebe água por meio de rede de abastecimento, 48% tem coleta de esgoto e apenas 38% do esgoto é tratado. Com informações da Agência Brasil.

Facebook Comments
Comentar