rosanaO juiz Ricardo Guimarães Martins, da 113ª Zona Eleitoral de Riacho de Santana, cassou na última sexta-feira (21) os mandados da prefeita de Igaporã, Rosana Cotrim de Carvalho Melo (PR) e de seu vice, José Suly Fagundes Netto (PSB), por fraude eleitoral e substituição de candidato às vésperas do pleito.

Ainda cabe recurso da decisão. A Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (Aime) foi protocolada na justiça eleitoral pelo candidato derrotado nas eleições 2012, Newton Francisco Neves Cotrim (PT), que encabeçou a chapa da coligação “Igaporã Terra de Todos Nós”. O magistrado seguiu a recomendação do Ministério Público Eleitoral, que opinou pela cassação dos mandatos.

Conforme matérias anteriores publicadas no site Brumado Notícias, Rosana Cotrim substituiu o seu marido, Deusdete Fagundes de Brito (PSB), poucas horas antes do pleito municipal, após o socialista ter sido considerado inelegível para a disputa.

O juiz ainda determinou que Newton Francisco Neves Cotrim e Ailton Fagundes de Souza assumam interinamente a prefeitura de Igaporã até que se realizem novas eleições. No pleito, Rosana obteve 49,62% contra 46,19% de Neto. A republicana venceu um dos processos no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília, em agosto de 2013.

(Brumado Notícias)

Facebook Comments
Comentar