caminhoneirosCerca de 30 caminhoneiros realizam na tarde desta quarta-feira,12 de Marco, na cidade de Manga, um manifesto pedindo melhorias nas condições do porto que liga a cidade de Manga e Matias Cardoso, no Norte de Minas Gerais.

Segundo o sargento Júnior, da Polícia Militar de Manga, o manifesto ocorre de maneira pacífica. Ele informou ainda que somente âmbulâncias e carros da policia estão liberados para passar pelo local.

“Os caminhoneiros alegam que o porto não oferece as condições adequadas de transporte, carecendo de pequenos reparos. Mas, como o local [próximo ao leito do rio] é uma Área de Proteção Permanente é necessário autorização para possíveis obras”, comenta.

O caminhoneiro Celso Renato Cardoso Silva, 50 anos, espera no local desde às 14h30. Segundo Celso, um promotor de justiça esteve no local para conversar com os manifestantes.

“A situação do porto é precária. Alguns caminhões ficam ilhados por causa da estrutura do local”.

Ainda segundo o caminhoneiro, alguns funcionários da balsa cobram um valor adicional para fazer sua travessia.

Segundo o secretário de obras da prefeitura de Manga, Jersílio Vieira Lima, a prefeitura vai entrar com um pedido de liberação de licença ambiental no Fundo Estadual de Meio Ambiente (FEAM) para que seja possível realizar a reforma do porto. Ainda conforme o secretário, apenas uma parte do local será reformada imediatamente, pois a mesma não faz parte da APP.

No ínício da noite a passagem foi liberada pelos caminhoneiros.

Por:G1/MG

Facebook Comments
Tags:,
Comentar