Casas Populares do Conjunto Habitacional Piquizeiro I

Casas Populares do Conjunto Habitacional Piquizeiro I



Desde que foi inaugurado em julho de 2009, o Conjunto Habitacional Pequizeiro, vem gerando muita polêmica. Primeiro pela forma que foram distribuídas pela gestão municipal na época, que beneficiou muita gente que não precisava.

Cinco anos depois, as casas foram quase todas comercializadas pelos antigos donos. As moradias em sua maioria se transformaram em bares, causando grande desconforto para muitos cidadãos. “Penso muitas vezes em ir embora daqui, não tem condições de pagar aluguel. Som em alto volume e drogas virou rotina aqui”, contou uma moradora.

Outro morador citou que uma casa foi parcialmente derrubada para ergue um bar, mas não para por ai. O morador conta que mais de 70% das casas não pertencem mais aos primeiros donos que foram contemplados através de sorteios.

As 200 casas são frutos da parceria entre o Governo do Estado, que destinou o valor de R$ 300 mil, e a Caixa Econômica Federal (CEF), por meio do Programa Carta de Crédito (Resolução 460/518), que estabelece a utilização dos recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para o financiamento da casa própria. As casas seguem um padrão, compreendendo dois quartos, cozinha, sala, banheiro e área de serviço. O investimento total foi de R$ 1,7 milhão e beneficiou 200 famílias.

Informações do site folhadovale.net

Facebook Comments
Tags:,
Comentar