aparelhoUma das tecnologias mais modernas para diagnóstico e acompanhamento de vários tipos de câncer, o PET-Scan foi incorporado nesta quarta-feira (23) pelo Sistema Único de Saúde (SUS), conforme portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU). O exame realizado com o PET-CT, como também é conhecido, verifica a dimensão exata de 20 doenças, na maioria câncer. Pelo SUS, o exame só será coberto para câncer de pulmão, colorretal, linfoma de Hodgkin e não Hodgkin – a previsão é de que este ano pelo menos 69.790 casos sejam registrados destas doenças este ano. Já os planos de saúde são obrigados a cobrir o procedimento para oito enfermidades. O PET-Scan tem base na medicina nuclear e por isso utiliza substâncias que emitem radiação muito pequena para conseguir imagens precisas. De acordo com a Sociedade Brasileira de Medicina Nuclear, há 100 aparelhos em todo país, distribuídos na proporção da densidade demográfica e em unidades de atendimento públicos e privados (entre estes, boa parte é credenciada ao SUS). Com informações da Agência Brasil.

Facebook Comments
Comentar