vagas de medicinaAs 160 novas vagas para cursos de Medicina na Bahia, autorizadas nesta terça-feira (13) pelo Ministério da Educação (MEC), já estarão disponíveis no segundo semestre de 2014. O número representou aumento de 20% nos postos ofertados no estado. Na Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), que recebeu o maior número de vagas (80), o curso em si só deve começar em 2016, mas os alunos interessados precisam se inscrever no curso de Bacharelado Interdisciplinar de Saúde (BI-Saúde), a partir do Sistema de Seleção Unificado (Sisu), no próximo mês de setembro. O Sisu utiliza as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e substituiu os vestibulares da maioria das universidades do país. Os estudantes poderão se inscrever nos três campi da instituição – Itabuna, Porto Seguro e Teixeira de Freitas – e, após concluírem o BI, devem fazer uma prova interna para preencherem as vagas, com previsão de início em 2016. “Estrutura, instalações, docentes, estará tudo pronto para 2016. Mas já estamos fazendo os concursos docentes para o BI-Saúde e os outros BIs”, explicou o reitor da UFSB, Naomar Almeida Filho. Já na Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob), no campus de Barreiras, 40 vestibulandos devem ingressar diretamente no curso de Medicina já no próximo semestre, também por meio do Sisu. Segundo a reitora Iracema Santos Veloso, há cerca de dois anos toda a infraestrutura começou a ser montada para receber a nova graduação. “Estamos na fase final do contrato organizativo com o Hospital do Oeste, gerido pela Secretaria Estadual de Saúde, e com o Eurico Dutra, do município”, contou ao Bahia Notícias. Veloso disse ainda que quase todos os laboratórios já estão montados e foi pensada uma infraestrutura de atendimento não só em Barreiras, como nas cidades próximas. Na Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), em Paulo Afonso, o curso funcionará provisoriamente no Centro de Formação Profissional do município, que foi cedido pela Companhia Hidrelétrica do Vale do São Francisco (Chesf). Segundo a assessoria da Univasf, a estrutura começou a ser preparada no ano passado e a expectativa é já ter uma turma de 40 pessoas em 2014.2, com inscrições a partir das notas do Enem.

Por Rebeca Menezes e Francis Juliano/ Bahia Notícias

Facebook Comments
Comentar