Foto: José Braga Neto / CNJ

Foto: José Braga Neto / CNJ


O Brasil ocupa o terceiro lugar no ranking mundial de países com maior população carcerária, mas o número de presos deveria ser bem maior. No país, 373.991 pessoas possuem mandados de prisão em aberto – número superior ao de 357.219 lugares vagos em presídios. Os dados são de um levantamento inédito divulgado nesta quinta-feira (5) pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Caso os foragidos fossem presos pela polícia, o total de detidos ultrapassaria 1 milhão de pessoas – o que faria com que o déficit de vagas chegasse a 732 mil lugares. Apesar do levantamento não trazer dados regionais, em alguns estados o número de foragidos é até maior que a população carcerária, como é o caso do Maranhão. “Se esses mandados fossem cumpridos, [o sistema carcerário do MA] viraria um inferno”, chegou a afirma o juiz da Vara de Execuções Penais, Fernando Mendonça. No ranking da população carcerária, o Brasil está atrás apenas dos Estados Unidos e da China, que têm, respectivamente, 2.228.424 e 1.701.344 presos. Informações do UOL.

Facebook Comments
Comentar