policia federal
A pequena cidade de Carinhanha no interior da Bahia,900 Km distante da capital, volta a ser destaque negativo nas paginas policias de todo Brasil.Desde as 6:00 da manhã desta Quinta-feira (05) que as ruas estreitas e de terra batida da cidadezinha de apenas 29 mil Habitantes ficou povoada de curiosos não acostumados com tamanha movimentação. Pela segunda vez consecutiva a cidade ribeirinha do oeste recebe a visita dos federais que dessa vez desencadearam uma ação conjunta com o Ministério Público Federal e o Ibama, a Operação Metástase, de combate ao desmatamento ilegal. O nosso site conseguiu de forma exclusiva, a informação de 2 carinhanheses que não tiveram os nomes revelados, fraudavam as guias de autorização estadual. A operação em Carinhanha não logrou muito êxito, dos 4 mandados de prisão, apenas Deiverson Pereira Souza foi encontrado e já se encontra preso. Deiverson seria um dos fraudadores de Guias.

A operação metástase, desencadeada no dia mundial do meio ambiente, tem o objetivo de desarticular uma organização criminosa especializada no desmatamento ilegal de vegetação nativa, principalmente na região do cerrado brasileiro. A madeira, extraída irregularmente, era usada para produção, transporte e comercialização de carvão destinado ao abastecimento de fornos de indústrias siderúrgicas no estado de Minas Gerais. Até o momento já foram cumpridos 36 mandados de prisão. 17 em Goias, seis em Minas Gerais, seis no Tocantins, três na Bahia, três no Paraná e um no Mato Grosso.O Site www.junioguedes.com.br teve acesso as informações preliminares que no decorrer do dia cerca de 400 policiais federais cumpriram 48 mandados de prisão temporária, 46 mandados de busca e apreensão e três mandados de condução coercitiva, nos estados de Goiás, Minas Gerais, Tocantins, Bahia, Mato Grosso, Paraná e Pernambuco.

O nome da operação faz referência à forma como a organização atuava na exploração do cerrado, como um câncer que se espalhou pela região. O bioma é um dos mais ameaçados do país. Considerado a savana mais rica do mundo, com uma área original de 204 milhões de hectares, já perdeu mais de 60% da vegetação original.

www.junioguedes.com.br- com informações da Comunicação da Polícia Federal em Goiânia/GO
Tel.: (62) 3240-9607

Facebook Comments
Comentar