FhcO ex-presidente Fernando Henrique Cardoso voltou a trocar farpas com o seu sucesor Luiz Inácio Lula da Silva. Em publicação em uma rede social, FHC lamenta que o petista tenha vestido a “carapuça” e baixado o nível da disputa presidencial. Neste domingo (15), durante a convenção que oficializou Alexandre Padilha como candidato ao governo de São Paulo, Lula ironizou o tucano ao dizer que ele deveria dizer quem “estabeleceu a maior promiscuidade entre Executivo e Congresso Nacional quando começou a comprar votos para ser aprovada a reeleição em 1996”. “Lamento que o ex-presidente Lula tenha levado a campanha eleitoral para níveis tão baixos. Na convenção do PSDB não acusei ninguém; disse que queria ver os corruptos longe de nós. Não era preciso vestir a carapuça. A acusação de compra de votos na emenda da reeleição não se sustenta: ninguém teve a coragem de levar essa falsidade à Justiça”, escreveu Fernando Henrique no Facebook. No sábado (14), o presdidenciável do PSDB Aécio Neves defendeu, em cerimônia que oficializou sua candidatura, que um “tsunami vai varrer do governo federal aqueles que lá não têm se mostrado dignos e capazes de atender às demandas da população brasileira”. Na convenção dos situacionistas, Luiz Inácio disse que o sentimento negativo em relação ao PT vem de uma “elite conservadora” e criticou os governos do PSDB. “Agora, ontem o candidato dizia ‘Vai ter um tsunami que vai varrer o PT do Brasil’. Ora, por quê que eles não colocam o tsunami para trazer água de volta para o Sistema Cantareira, que seria muito mais fácil, que estaria ao alcance deles?”, afirmou, em referência à crise no abastecimento de água na capital paulista.

Facebook Comments
Comentar