PRO líder do Partido da República (PR), deputado federal Bernardo Santana (PR-MG), confirmou ao Bahia Notícias que sua sigla não vai apoiar o candidato do PT Rui Costa na disputa ao governo do Estado. “Como líder, eu já li a resolução, que partiu da executiva nacional, na qual não aceita homologar o nome escolhido pelo PT ao governo. Não aceitamos essa coligação”, disse Bernardo sobre o teor da carta que deve ser enviada aos integrantes do PR na Bahia. Com a negativa ao candidato escolhido por Jaques Wagner para tentar ser seu sucessor, a tendência é de que o PR feche apoio ao oposicionista Paulo Souto (DEM). “É o nome mais forte aí”, avaliou. Todas as definições devem ser oficializadas na convenção nacional realizada pelo PR na tarde deste sábado (21), em Brasília, no hotel Kubistchek Plaza. O encontro também pode definir a posição nacional do partido na disputa pela Presidência da República. No entanto, segundo Bernardo, a tendência é de que a definição fique a cargo da executiva nacional, que definirá se o PR vai marchar ao lado de Dilma ou Aécio, ou ainda se lança candidato próprio. Com isso, a situação do ministro dos Transportes, César Borges (PR-BA), também deve ser definida pela executiva nacional.

Facebook Comments
Comentar