Foto: Divulgação/ PRB

Foto: Divulgação/ PRB

A aliança para reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT) decidiu criar um comitê evangélico, que será organizado por lideranças do PRB, PSD e do Pros. O lançamento do grupo foi decidido em reunião entre nove partidos que integram a coligação da petista, na noite de terça (22). Os presidentes das três siglas, Marcos Pereira (PRB), Gilberto Kassab (PSD) e Eurípedes Júnior (Pros), estarão à frente dos trabalhos. A decisão foi tomada após Pereira reclamar com Dilma e com os ministros da Casa Civil, Aloizio Mercadante, e Relações Institucionais, Ricardo Berzoni, da falta de interlocução do governo com o setor religioso. Na coligação, líderes das legendas aliadas também criticaram a falta de espaço. “Somos tratados como os primos pobres”, disse o presidente do PDT, Carlos Lupi. Dilma propôs reuniões semanais com integrantes da coligação até o começo da propaganda eleitoral no rádio, que começa dia 19 de agosto. Depois, os encontros passam a ser quinzenais. Ainda foi prometido que cada partido terá um representante em cada área da campanha, a exemplo de logística e mobilização. Também participaram da reunião desta terça (3) Rui Falcão (PT), Ciro Nogueira (PP), Luciano Castro (PR), Eurípedes Júnior (Pros) e Renato Rabelo (PCdoB). Informações de O Globo.

Facebook Comments
Comentar