Rui CostaPT.Bahia
De uma única universidade federal existente em quase 70 anos (a Ufba foi fundada em 1946) e ostentando a marca de quinto pior estado em número de estudantes universitários, a Bahia avançou e conseguiu dar acesso ao ensino superior para milhares de jovens do interior. Entre 2007 e 2013, cinco novas instituições federais foram implantadas e o orçamento para as universidades estaduais aumentou 165%. “Apoiado na política educacional implantada no Brasil a pelos presidentes Lula e Dilma Roussef, o governador Jaques Wagner conseguiu transformar uma dura realidade em um cenário promissor. Eu vou avançar ainda mais”, garante o candidato Rui Costa.

A implantação das universidades federal no Recôncavo, Oeste, Sul, Vale do São Francisco e Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afrobrasileira, em São Francisco do Conde – “que tem também o status de instituição internacional” foram um marco na gestão petista no estado. “Vou investir fortemente na assistência estudantil, para garantir a permanência dos estudantes carentes no ensino superior e, ao lado de Dilma, criar mais quatro novas universidades federais: do Nordeste, da Chapada, do Sudoeste e da Serra Geral”.

Só em 2014, o orçamento para as quatro instituições estaduais: Uneb, Uefs, Uesc e Uesb foi de R$ 1.021.537.000,00. O valor representa crescimento de mais de 165% entre 2006 e 2014. “É um avanço considerável, que se torna mais expressivo quando lembramos também da parceria com o governo federal, que contribuiu para a expansão da rede dos Institutos de Educação Tecnológica (IF Bahia e IF Baiano), hoje com 26 campi e 5 núcleos avançados espalhados em todo o Estado”, destacou o candidato da coligação Pra Bahia Mudar Mais. “Acrescente, então, a instalação de 26 polos de apoio da Universidade Aberta do Brasil (UAB), coordenados pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia, para se dimensionar o quanto a Bahia ganhou nas duas gestões de Wagner”.

O petista exemplifica com outros números os avanços no setor de ensino superior: “Só em 2014 mais de 9 mil estudantes foram beneficiados com bolsas do PROUNI, o Programa Universidade Para Todos do Governo Federal. De 2007 a 2013, foram atendidos pelo projeto 160.099 estudantes da rede pública de ensino, distribuídos em 186 localidades, situados nos 27 Territórios de Identidade”.

Rui CostaPTEm sete anos de implantação foram investidos mais de R$ 80 milhões no projeto, com oferta de material didático e fardamento. “Minha meta é, a partir de 2015, ampliar esses valores e criar o Sistema Estadual de Ensino Superior para planejar ações e articular oferta de vagas, continuando a interiorização de cursos de graduação e pós-graduação e também nos grandes bairros populares de Salvador”.

ASSESSORIA DE IMPRENSA RUI COSTA

Facebook Comments
Comentar