Home Política Após eleições, bancada evangélica continua forte; sindicalistas perdem espaço