16-20141121_192241A cidade de Malhada, no sudoeste da Bahia, outrora teve a oportunidade de elaborar o Plano Municipal de Educação, porém por se tratar de uma tarefa árdua e que requer tempo, na época não deram muita importância e a tarefa foi descartada.

Mas graças a Deus uma outra oportunidade surgiu e o prefeito Gimmy Everton juntamente com a secretária de Educação Míria Maristela abraçaram esta causa e ciente da real importância deste documento para alavancar a Educação de Malhada não perderam tempo e de imediato nomearam as pessoas para formar o grupo colaborativo composto por professores, coordenadores, representante do Legislativo, Recursos Humanos, Sociedade Civil e igrejas, sendo que a maior parte destes são membros do Conselho Municipal de Educação, conforme manda o regimento do Plano.

Antes de iniciar a elaboração deste Plano houve uma formação ministrada por Miriam Oliveira Rotondano
Avaliadora Educacional Técnica – SASE/MEC/SEC/UNDIME na cidade de Guanambi e após a formação a Secretária de Educação de Malhada convocou a todos os membros do grupo colaborativo para uma reunião e na oportunidade a secretária falou sobre o Plano, apresentou a plataforma do site contendo todas as informações necessárias e passou as instruções devidas e a partir de então cada membro colaborativo ficou responsável por uma pasta, a exemplo, Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio, Educação Superior, Educação Especial, EJA, Valorização dos Profissionais, dentre outros temas.

Os trabalhos estão bem adiantados, as análises situacionais da educação do município já foram realizadas, os textos já foram apresentados e encaminhado para a Avaliadora Educacional Técnica Miriam Oliveira e atualmente o Plano se encontra na 3ª fase que se refere as metas e estratégias e estas metas e estratégias serão apresentadas na segunda semana de janeiro de 2015.

A Educação do Município de Malhada está trilhando no caminho certo, pois O Plano de Educação é um documento com força de lei, que estabelecem metas para que a garantia do direito à educação de qualidade avance em um município, estado ou país, no período de dez anos. Abordam o conjunto do atendimento educacional existente em um território, envolvendo redes municipais, estaduais, federais e as instituições privadas que atuam em diferentes níveis e modalidades da educação: das creches às universidades. Trata-se, pois, do principal instrumento da política pública educacional. Sendo assim, o Plano de Educação é, também, um importante instrumento contra a descontinuidade das políticas, pois orienta a gestão educacional e referencia o controle social e a participação cidadã.

Na jornada pedagógica de 2015 todos os professores e demais profissionais da educação terão a oportunidade de conhecer este importante documento e estarem cientes da sua tamanha importância, pois o mesmo será apresentado detalhadamente neste evento previsto para o mês de fevereiro.

O Plano Nacional de Educação(PNE 2014-2024) foi sancionado em junho de 2014 com a Lei 13.005. O PNE define as bases da política educacional brasileira para os próximos 10 anos e o PME(Plano Municipal de Educação) está sendo elaborado em consonância com o PNE(Plano Nacional de Educação). Portanto, a educação de Malhada só tem a ganhar e crescer com este plano.

Edição Ramilson Xavier
Redação: www.mediosaofrancisco.com

01-20141121_111435

02-20141121_112724

03-20141121_114855

04-20141121_144013

05-20141121_152121

06-20141121_155140

07-20141121_163048

08-20141121_163103

09-20141121_163254

10-20141121_172059

11-20141121_175019

12-20141121_180259

13-20141121_192210

14-20141121_192217

15-20141121_192237

16-20141121_19224101-20141204_100949

02-20141204_100959

03-20141204_101024

04-20141204_103713

05-20141204_103717

06-20141204_140241

07-20141204_140326

08-20141204_140337

09-20141204_140346

10-20141204_140428

11-20141204_151555

12-20141204_152413

13-20141204_153355

14-20141204_153403

15-20141204_171215

Facebook Comments
Comentar