banda larga

Como é de conhecimento de todos, a tecnologia tem e vem se expandindo a cada dia, ocupando assim espaço nos mais diversos lugares, falicitando assim a vida do ser humano. Em se tratando desse assunto, o Governo Federal trouxe mais uma conquista à comunidade escolar do município de Malhada, no sudoeste baiano. Segundo a secretária de educação Míria Maristela, 16 escolas da zona rural foram beneficiadas com acesso gratuito à internet e mediante esta ação centenas de estudantes espalhados pelos quatro cantos do município passarão a ter acesso à rede mundial de computadores, aliás nem só os estudantes, mas também os professores poderão muito em breve se conectar à grande rede, recebendo informações em tempo real e abrindo possibilidades de ampliar seus conhecimentos, além disso, estarão economizando o bolso, pois com esta conquista não precisarão pagar a terceiros para realizar e imprimir seus trabalhos de pesquisas em Lan House, uma vez que poderão realizar com mais facilidade com uma nova ferramenta pedagógica.

Ainda de acordo informações obtidas pela reportagem do site, os técnicos da empresa Claro já esteve no referido municipio realizando o mapeamento da região, serviço este que foi acompanhado de perto por Fabrício, servidor da Secretaria Municipal de Educação de Malhada. Bem, as escolas municipais que receberão os kits compostos de antena, roteador, chip e cabos, ou seja, os equipamentos que trarão o mundo para mais perto do “campo” são as seguintes:

Escola Nova Infância-Caatinga Seca;
Escola Municipal Filintro Gonçalves-Canabrava;
Escola Municipal Inácio de Souza-Canabrava;
Escola Municipal Primeiro Passo -Canabrava;
Colégio Municipal São Sebastião-Canabrava;
Escola Municipal São João Batista-Serra de João Alves;
Escola Municipal São Lázaro-Serra de Justino;
Escola Municipal Maria Quitéria- Distrito Quilombola de Pau D”Arco;
Escola Municipal São José- Distrito Quilombola de Parateca;
Escola Municipal Almerinda Silveira- Ilha de Zezé;
Escola Municipal Anísio Teixeira -Distrito de Julião;
Escola Municipal Helder James Magalhães- Distrito de Julião;
Escola Municipal José de Alencar- Riachão;
Escola Municipal Jonas Garcia-Lagoa do Coqueiro;

E outras duas escolas ainda não identificadas pela reportagem do site.

O prazo previsto para a execução dos serviços é até o final de Dezembro, espera-se que a partir destas inovações a educação avance em todos os sentidos nestas escolas.

Para a Secretária Municipal de Educação, Miria Maristela Lima, a chegada da internet banda larga nas escolas da zona rural é mais uma vitória para todos que defendem a educação. Ela é uma importante ferramenta para o desenvolvimento dos alunos. “A internet vem trazer avanços para a comunidade escolar, porque a gente sabe que o acesso à internet numa comunidade rural é bastante difícil e com esse advento teremos a oportunidade de acesso do aluno às informações e também à pesquisa”, destacou. A secretária acrescentou que o Município tem feito o possível para melhorar a qualidade da educação, já tendo, inclusive, instalado aparelhos de ar condicionado na maioria das escolas.

“A prefeitura tem melhorado a estrutura das escolas e dado o devido reconhecimento aos profissionais, por meio do pagamento do piso e da implantação do plano de carreira, apoio a formação continuada, entre outras ações, para que a comunidade escolar possa melhorar a qualidade da educação oferecida na rede municipal de ensino”, disse o Secretário de Finanças Everson Gimenez.

O que é o Projeto Banda Larga nas Escolas Públicas Urbanas? É o Projeto que tem por objetivo disponibilizar conexão à internet, em banda larga, a todas as escolas públicas urbanas do País, cadastradas no Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – INEP (censo INEP de 2007 a 2025), sem ônus para a União, Estados, Distrito Federal e Municípios.

Redação: www.mediosaofrancisco.com

Facebook Comments
Comentar