tabacoA Philip Morris, das maiores empresas globais da área de tabaco, anunciou nesta sexta-feira (11) que irá investir R$ 168 milhões na produção de tabaco curado no município de Cocos, no oeste baiano, gerando 400 empregos diretos. O protocolo referente ao empreendimento foi assinado com o governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE). Assinaram o documento o titular da pasta, Jorge Hereda, e os gerentes da Philip Morris Brasil, Luís Camarate e Marcos Moraes.

A companhia instalará em Cõcos um complexo agroindustrial que abrangerá desde a compra das sementes até a colheita de tabaco. “O terreno já está em fase de terraplanagem e a expectativa é que a primeira colheita já seja feita no segundo semestre deste ano. Escolhemos Côcos por causa do clima e solos excelentes, possibilidade de irrigação e mecanização da produção”, explica Camarate.

O volume de tabaco produzido na Bahia será destinado majoritariamente para o mercado externo. O gestor afirma que o projeto instalado na Bahia é muito importante para a empresa. “Além de ser um importante mercado consumidor, o Brasil tem uma importância muito grande no mercado mundial de tabaco, respondendo por cerca de  20% da produção”, diz.

Por:Bahia Notícias

Facebook Comments
Comentar