vicinal1

Na madrugada desta quarta-feira, 27 de janeiro, choveu bastante em Malhada, no sudoeste baiano, chegando a ponto de alagar algumas ruas e até mesmo adentrar em uma casa na rua Manoel Pedro.

Rua

Rua

Casa inundada

Casa inundada

Foram registrados cerca de 96,3 milímetros de chuva na cidade e em decorrência disso, a água dos lagadiços aumentaram bastante e com este aumento, as águas que cortavam a vicinal Malhada/Canabrava também aumentaram, ficando cada vez mais funda e extensa, dificultando assim a trafegabilidade dos veículos pequenos, principalmente de motos.vicinal

Na tarde da última terça-feira(26), a reportagem do site recebeu a informação que as águas que cortavam a estrada Malhada/Pedrinhas já tinham diminuido bastante e os veículos pequenos já estava trafegando pelo local, porém com esta chuva é bem provável que a situação também veio a complicar nesta vicinal.

Se continuar chovendo nos próximos dias, a tendência é que as estradas Malhada/Canabrava e também Malhada/Pedrinhas ficam interditadas e aí a única alternativa será recorrer às embarcações para fazer estes percursos e ter acesso à sede do município e vice-versa. lembrando que todo este alagamento é somente oriundo das águas da chuva, pois o Rio São Francisco mesmo enchendo ainda não jogou nestas lagoas, a exemplo da lagoa do Mocambro e lagoa da Cruz.

Estrada Malhada/Canabrava

Estrada Malhada/Canabrava

Vale ressaltar, que durante todo o mês de janeiro já chegamos ai a 554,0 milimetros de chuva. No que diz respeito ao Rio São Francisco o mesmo nas últimas 24 horas subiu 0,2 centímetros, o que significa dizer que há uma redução constante na sua enchente, podendo parar de encher a qualquer momento. O mesmo já chegou a 6,40 centímetros acima do seu nível normal, porém, ainda não é coisa de causar medo para os malhadenses.

Vicinal Malhada/Canabrava

Vicinal Malhada/Canabrava

Rio São Francisco

Rio São Francisco

Redação: www.mediosaofrancisco.com Edição: Ramilson Xavier Fotos: José Castor

Facebook Comments
Comentar