Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Bahia Notícias

Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Bahia Notícias

O diretório estadual do PDT emitiu nota na manhã desta quarta-feira (13) referente as alianças firmadas pelo partido para as eleições deste ano. “É importante explicar que o nosso apoio incondicional ao governo Rui Costa não significa abrir mão do princípio da autonomia partidária. Em outras palavras, informamos que o deputado estadual Vítor Bonfim e os demais dirigentes pedetistas têm autonomia para construir alianças locais nas eleições municipais de 2016 em todos os 417 municípios baianos, buscando o crescimento e fortalecimento da base de apoio ao governo”, declara a sigla. Entre os municípios que podem ter alianças com partidos fora da base aliada está Guanambi, onde Bonfim fechou, nesta terça (12), apoio ao ex-governador Nilo Coelho (PSDB). Além de ser tucano, Coelho enfrenta um candidato ancorado pela base, como Jairo Magalhães (PSB), postulante do atual prefeito, Charles Fernandes (PP). O partido minimiza o impacto da decisão sobre sua permanência na gestão do petista, que vem sendo questionada após a decisão. “O PDT reafirma a sua confiança no bom trabalho do deputado estadual Vítor Bonfim à frente da Secretaria Estadual da Agricultura (Seagri), um dos mais competentes e valorosos quadros do nosso partido, que conta com o reconhecimento do governador Rui Costa. O PDT aprova a sua atuação como jovem liderança política, bem como gestor do Estado, onde tem atuado com compromisso institucional”, diz a nota.

Fonte: Bahia Notícias

Facebook Comments
Comentar