fla



Jorge – Melhorou demais na marcação. Desarma com naturalidade e mostra noção de posicionamento de veterano. Arriscou dois bons chutes no primeiro tempo e saiu bem para o jogo, criando boas jogadas para o Flamengo. Nota: 7,0

Márcio Araújo – Livre no meio de campo, começou a partida muito bem, abrindo jogadas e até arriscando lançamentos. Mas errou passe perigoso na intermediária ofensiva que proporcionou contra-ataque, em lance que ele mesmo faria falta perto da área. Quando Rafael Vaz falhou na saída de jogo, antecipou-se bem e evitou contra-ataque do Cruzeiro no início da segunda etapa. Até sair de campo, cumpria bem sua função. Nota: 6,5

Guerrero – Perdeu uma boa chance ao interceptar chute de Réver, bater cruzado, mas fraco para defesa de Rafael. Ainda arriscou bicicleta, também defendida pelo goleiro cruzeirense e foi perigo constante, com boa movimentação. Quando o time perdia por 1 a 0, mostrou o faro de artilheiro, chutou prensado e empatou. Nota: 7,0

Alan Patrick – Entrou aos 30 minutos do segundo tempo e construiu a jogada dos dois gols da virada do Flamengo. Abriu espaços no meio da defesa do Cruzeiro com habilidade no meio dos jogadores do adversário, que já defendia o placar no fim da partida. Nota: 8,0

Confira todas as notas:

Alex Muralha [GOL] – 8,0
Pará [LAD] – 5,0
Réver [ZAG] – 5,5
Rafael Vaz [ZAG] – 6,0
Jorge [LAE] – 7,0
Márcio Araújo [VOL] – 6,5
(Mancuello [MEI] – 6,5)
William Arão [ VOL] – 6,0
Diego [MEI] – 5,5
Gabriel [ATA] – 5,5
(Fernandinho [ATA] – 5,0)
Everton [ATA] – 6,0
(Alan Patrick [MEI] – 8,0)
Guerrero [ATA] – 7,0

Fonte: Por GloboEsporte.com
Cariacica, ES

Facebook Comments
Comentar