josa

Há mais de três meses desaparecida, a moradora de Parateca, Joselita Alves Ferreira de Souza, popular Josa, apareceu na última terça-feira, 04 de outubro, em Parateca, distrito de Malhada, no sudoeste baiano.

A mesma estava desaparecida desde o dia 23 de junho e deixou seus parentes e amigos desesperados. Alguns nem mais acreditava que ela estivesse viva, pois fizeram várias buscas na cidade de Guanambi, aonde ela foi vista pela última vez, divulgaram nos meios de comunicação, entraram em contato com parentes em vários lugares e não obtiveram êxito. Segundo informações de moradores da comunidade, a mesma vinha passando por um momento de depressão e saiu de Parateca para Guanambi e acabou desaparecendo sem deixar notícias.

Mais de três meses se passaram e quando muitos já tinham perdido a esperança que um dia encontraria a mesma viva, na última terça(04) ela chegou na cidade de Malhada e pegou seus parentes e amigos de surpresa, uma surpresa agradável, pois alguém que para muitos estava morta, apareceu viva na comunidade de origem. Ela era evangélica e segundo informações de alguns moradores de Parateca, ela disse que não lembrava muito do acontecido, o que sabe é que ela foi parar em Goiânia e esteve aos cuidados de uma mulher evangélica e esta, por sua vez, colocou ela em um ônibus com destino a Malhada.

O povo ficou alegre com o retorno da mesma, tanto é que muitos moradores de Parateca usaram suas redes sociais para agradecer e dividir este momento impar com os demais amigos(as). Diversos evangélicos agradeceram a Deus em resposta às suas orações, pois levantaram campanha pedindo a Deus que a trouxesse de volta com vida.

Redação: www.mediosaofrancisco.com


Facebook Comments
Comentar