uesb

Uma comissão sindicante após análise de documentos e visita a comunidade Quilombola da Rocinha, localizada na zona rural de Livramento de Nossa Senhora, concluiu que os alunos Gabriella Fernandes Amorim, Mauricio Guilherme Nunes da Silva, Wicttor Huggo Cruz Santos e Ana Carolina Tanajura Lima do curso de Medicina, Campus Universitário de Vitória da Conquista, Luiza Lorrayne Oliveira Castro do curso de Odontológia do Campus Universitário de Jequié; Thaline Cirqueira Moreira do curso de Medicina, do Campus de Jequié e Maria Isabel Correia Silva, do curso de Direito do Campus Universitário de Vitória da Conquista, não eram moradores da referida comunidade, a época da apresentação da documentação para matrícula, contrariando às normas que tratam do sistema de Cotas da Universidade e recomenda o indiciamento com a instauração de Processo Administrativo Disciplinar. A ação foi encaminhada para a Procuradoria Jurídica e publicada no Diário Oficial do Estado da Bahia, na última segunda-feira, dia 17. Conforme o resultado final do processo, os alunos investigados poderão até serem expulsos das referidas unidades educacionais. Casos de fraudes no sistema de cotas nas Universidade Públicas tomaram maior repercussão no último domingo (16), após virar tema de reportagem do programa Fantástico da TV Globo.

Por: L12

Facebook Comments
Tags:, ,
Comentar