claudia-leitte-09



Alegando que sua produtora usou verba para uma turnê através da Lei Rouanet, mas não cumpriu regras legais de distribuição e venda de ingressos, o Ministério da Cultura (MinC) exige que Claudia Leitte devolva R$ 1,2 milhão aos cofres públicos. Diante deste fato as contas foram reprovadas e a produtora Ciel tem dez dias para tentar recurso contra a reprovação das mesmas, que foi publicada no Diário Oficial da União na última sexta-feira, 20 de outubro.

Vale ressaltar que, a assessoria da cantora nega irregularidade e vai entrar com recurso. Ao G1, a assessoria do MinC explicou que as contas foram reprovadas pois a turnê não realizou ações de “democratização de acesso”, que são exigidas pela lei e necessárias para ter um projeto apoiado.

Além do mais, a produtora vendeu entradas mais caras do que foi acordado e não provou a distribuição de 8,75% de ingressos combinados a alunos de escolas públicas e entidades de assistência social. Lembrando que esta distribuição gratuita foi prometida no projeto ao MinC.

Redação: www.mediosaofrancisco.com / Notícias relacionadas

Facebook Comments
Tags:,
Comentar