reinaldo



O Prefeito eleito da cidade de Iuiú, no sudoeste baiano, Reinaldo Góes (PSD), chegou à conclusão que, diante da crise em que vive o país e mediante a quantidade de pessoas desempregadas no município que voltará a administrar a partir do dia 1º de janeiro de 2017,
não é justo que a Câmara venha a aprovar aumento de salários para o cargo de prefeito, vice-prefeito, vereadores e secretários para os próximos quatro anos(2017/2020).

Segundo informações oficiais, Reinaldo Góes procurou o Presidente da Câmara Municipal, Gildécio Rêgo, e através de um bom diálogo pediu ao mesmo que mantivesse os valores atuais, ou seja, os valores que estes aprovaram em setembro de 2012, sendo o salário de prefeito de até R$ 12.000,00, de vice-prefeito até R$ 7.000,00 e de até R$ 5.000,00 para Secretários.

Na visão do prefeito eleito, os valores atuais já são satisfatórios e chegando a um consenso e um bom entendimento, os Vereadores votaram em primeiro turno, aprovando, por unanimidade, o PL nº 004/2016 que fixa os subsídios do Prefeito, Vice-Prefeito e Secretários Municipais , mantendo os mesmos valores aprovados em setembro de 2012.

Vale ressaltar que Reinaldo Góes, salientou que mesmo com a aprovação do novo Projeto de Lei é possível que haja, ainda, uma redução salarial do Prefeito, Vice-Prefeito e Secretários.

Redação: www.mediosaofrancisco.com / Informações do blog cidadeamiga

Facebook Comments
Tags:, , ,
Comentar