Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Marcelo Nilo (PSL), estima que terá “quatro ou cinco” concorrentes para integrar a chapa que vai disputar vagas no Senado na eleição de 2018. O parlamentar acredita que o ex-ministro Jaques Wagner será um dos candidatos e ele disputa vagas com representantes de outros partidos. “Eu vou pleitear em um grupo com quatro ou cinco pretendentes. Uma vaga é de Wagner. A outra vai ser disputada por várias pessoas: eu, Lídice, Pinheiro, um do PSD, um do PP…aquele que tiver as melhores condições objetivas será o candidato”, avaliou. Nilo reconhece que ocupar o cargo de presidente da AL-BA aumentaria suas chances de integrar a chapa, mas ele ainda não confirma que vai ser candidato ao sexto mandato na eleição que acontece no próximo ano. “Estou convencido que se eu não for presidente, não terei condições de pleitear uma vaga. Nunca vi um deputado estadual se eleger senador. Eu não conheço. Todos os senadores ou eram deputado federal, ou eram governador, ou prefeito de Salvador…”, analisou o deputado. Ele também afirmou que já não tem mais vontade de se eleger deputado estadual após sete mandatos na Casa. “Agora eu quero fazer uma política nacional. Como eu nunca quis ser deputado federal, apesar de ter votos suficientes, vou pleitear o Senado”, disse.

Fonte: Bahia Notícias

Facebook Comments
Tags:, ,
Comentar