costureira

A Senhora Maria do Carmo Rocha do Santos, residente no Bairro São João, foi mais uma vítima de estelionato. Segundo as suas declarações ela recebeu um telefonema de um homem que se identificou como promotor de justiça e que solicitou que fosse feito um depósito que era pagar uma fiança. Ela fez depósito em duas contas diferentes que estão em nome de Maria Vilanir Silva da Costa e Jarina Ribeiro Idalino nos valores de 1.500 reais cada. A vítima apresentou na delegacia durante o registro da ocorrência, uma guia de solicitação de dados cadastrais de fraudador/ e ou golpista com a logomarca da Caixa e o cadastro do funcionário.

Fonte: Farol da cidade

Facebook Comments
Tags:, ,
Comentar