Home Esportes Após tragédia, CBF defende que título seja dividido e que Chapecoense dispute a Libertadores em 2017