camara-de-carinhanha

Em sessão realizada na noite da última terça-feira, 20 de dezembro, na Câmara de Vereadores de Carinhanha, no Oeste baiano, os vereadores, por um placar de 9 votos favoráveis e 1 contra, aprovaram os projetos de lei nº 009 e 010/2016, que diz respeito ao aumento salarial dos vereadores, secretários,prefeito e vice-prefeito.

Com esta votação e aprovação, o salário de um vereador, dependendo dos limites orçamentários, passará de R$4.600,00 para 7.596,60. A remuneração dos secretários municipais que atualmente é de R$ 4.500,00, com o reajuste passará a ser de R$ 5.500,00. Por outro lado, o salário do vice-prefeito terá um aumento de R$1.500,00, ou seja, saltará de 6.500 para R$ 8.000,00 e, por último, o prefeito passará a receber um salário de R$16.000,00, quatro mil e quinhentos reais a mais do que o salário atual que é de R$ 11.500,00.

Em um momento de crise econômica como esta em que o País vive ultimamente, a população de Carinhanha sente-se desrespeitada e sem nenhuma representação, pois diante da aprovação deste Projeto de Lei, o que fica claro é que os vereadores estão mais preocupados consigo mesmo do que com os interesses daqueles que os elegeram e confiaram o poder em suas mãos. Enquanto se ver tanta discussão e troca de palavras para aprovar um Projeto de Lei que favoreça o povo, em poucos minutos se ver um Projeto de Lei que favoreça o bolso dos vereadores passar tão facilmente, sem nenhuma burocracia e sem nenhum impedimento.

Diante desta atitude dos vereadores, uma carinhanhense, tomando posse das redes sociais, desabafou: “É revoltante, é uma vergonha saber que temos esses tipo de vereadores em nossa câmera. Nos fizeram de “TROUXA” mais uma vez. No tempo da eleição, estavam todos bonzinhos e achavam o aumento do salário um absurdo, só foram entrar lá dentro que mudaram de ideia ! O dinheirinho vai cair a mais na conta, enquanto o da população só diminui”, escreveu Samarah Santtos.

segundo informações, o vereador Ronaldo Cassiano(PT) não compareceu na Sessão e o voto contrário partiu do vereador Junio Guedes(PV). Resta agora o prefeito Paulo da Yonara(PT) sancionar ou optar em vetar os Projetos.

Redação: www.mediosaofrancisco.com

Facebook Comments
Tags:, ,
Comentar