Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) negou ter descumprido a decisão liminar (provisória) que ordena a transferência de um paciente internado no Hospital Geral de Camaçari, que necessita de uma cirurgia neurológica em caráter de urgência, após ter sofrido uma Acidente Vascular Cerebral (AVC) hemorrágico (veja aqui). Segundo a Sesab, o paciente Getro Martins Nunes de Oliveira “encontra-se em processo de transferência” para o Hospital Prohope, em Salvador, “para avaliação neurológica”. A pasta ainda assegurou ter cumprido a decisão dentro prazo estabelecido judicialmente. O advogado de Getro, David Salomão, alegou que o Estado desrespeitou a determinação da Justiça e ingressou com um mandado de segurança que pede a prisão do governador Rui Costa e do titular da Sesab, Fábio Vilas-Boas. O pedido está sob relatoria da desembargadora Maria de Fátima.

Fonte: Bahia Notícias

Facebook Comments
Tags:,
Comentar