Clever Geraldo de Souza é padre em São Sebastião do Oeste (Foto: Diocese de Divinópolis/Divulgação)

Clever Geraldo de Souza é padre em São Sebastião
do Oeste (Foto: Diocese de Divinópolis/Divulgação)

Um padre de 55 anos foi encontrado ferido dentro do quarto de um motel em Divinópolis. De acordo com a Polícia Militar Rodoviária (PMR), que registrou o boletim de ocorrência, Clever Geraldo de Souza, de 55 anos, teria chegado ao estabelecimento em um carro na noite de segunda-feira (6) acompanhado por um homem e foi encontrado por uma faxineira durante a manhã. A suspeita é de que ele tenha sido vítima de sequestro e roubo.

O Hospital Santa Mônica, para onde o religioso foi levado, disse ao G1 que não tem autorização para fornecer informações sobre o estado de saúde dele. A reportagem também telefonou para o motel, mas não foi atendida.

Em nota, o bispo diocesano de Divinópolis, Dom José Carlos Campos, lamentou o caso, pois, segundo ele, revela e atrai as atenções sobre as mazelas dos membros da Igreja Católica. Também informou que repudia toda forma de violência, que esclarecimentos sobre detalhes do evento cabem ao padre e que serão tomadas medidas cabíveis em se tratando de comportamento imoral, após ouvir o padre.

Registro do caso

O motel onde o padre estava fica no Km 133 da MG-050, no Bairro Jardim Real. De acordo com as informações apuradas pelos policiais com funcionários do estabelecimento, dois homens chegaram ao local em um carro por volta das 23h. Eles reservaram uma suíte e entraram.
Cerca de 40 minutos depois, um dos homens pagou a conta e saiu do motel no mesmo carro, em alta velocidade. Na manhã desta terça-feira, uma funcionária do estabelecimento tentou abrir a suíte para fazer a limpeza, mas viu que a porta estava trancada.
Um chaveiro foi chamado para abrir a porta e a equipe do motel encontrou o religioso. Consta no boletim de ocorrência que ele estava bastante ferido, com sintomas de embriaguez e se recusava a se identificar.

Socorro à vítima

Uma funcionária chamou um táxi para o padre, que pediu para ser levado ao Hospital Santa Mônica, em Divinópolis, onde ele disse à equipe médica que se lembrava apenas de que na noite anterior ele dirigiu um carro, sem se lembrar para onde iria.

O modelo do veículo citado pelo padre é o mesmo no qual o homem deixou o motel. Mas, a polícia ainda não informou a quem o automóvel pertence.

Ainda segundo o relato do padre ao hospital, que consta no boletim de ocorrência, o padre disse que quando passava por um quebra-molas com o véiculo, foi interceptado por um desconhecido. “A partir daí, não se lembra de mais nada”, conclui o texto.

Estado de saúde

O G1 fez contato na tarde desta terça-feira com o Hospital Santa Mônica em busca de informações sobre o estado de saúde de Clever. A administração respondeu, por e-mail, que tentou contato com algum responsável pelo paciente em busca de autorização para a divulgação. “Infelizmente, por sigilo estabelecido por lei, o hospital não pode emitir qualquer tipo de informação sem autorização prévia”, explicou.

Fonte: Do G1 Centro-Oeste de Minas

Facebook Comments
Tags:, , ,
Comentar